46 ANOS Um ano para ficar na história do Sindilojas
image

46 ANOS

Um ano para ficar na história do Sindilojas

Entidade celebra aniversário com período nunca antes vivido em sua história

 

A pandemia do Coronavírus mudou o comportamento de toda sociedade. E no comércio varejista os impactos seguem desafiando o setor. É neste cenário, ainda de incertezas e de muita superação e reinvenção, que o Sindilojas Regional Bento chega aos seus 46 anos. Com uma história intimamente ligada às empresas associadas, a entidade se viu obrigada a encontrar novas formas capazes de ajudar os empresários a minimizar os problemas decorrentes da pandemia.

 

“Quando chegamos aos 45 anos do Sindilojas e vimos que não seria possível comemorar como havíamos previsto, pensávamos que este ano tudo teria passado. Infelizmente, a realidade não é esta. Mas se por um lado nos vimos desafiados a solucionar problemas nunca antes vividos, por outro encontramos na resiliência, na capacidade de se reinventar, no espírito de solidariedade, motivos de sobra para celebrar”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio. “Fizemos o longe virar perto com ações inovadoras, que não apenas nos aproximaram dos associados como também nos mostraram que é possível atuar de outras formas. Nunca mais seremos os mesmos e, certamente, nos tornamos muito melhores”.

 

Esta postura no enfrentamento à pandemia tem muito a ver com a atuação da entidade ao longo de sua trajetória. Nascido de encontros ocasionais entre amigos, também empresários do comércio, que viam a necessidade da representatividade diante do desenvolvimento de Bento Gonçalves e do desejo de não mais depender das determinações da Convenção Coletiva de Trabalho de Caxias do Sul, o Sindilojas surgiu oficialmente em 24 de junho de 1975 como Associação Profissional do Comércio Varejista de Bento Gonçalves. Atualmente, o sindicato oferece mais de 100 serviços e convênios para um quadro social de mais de 600 empresas.

 

“Nunca vivemos um momento tão exigido como agora. Mas seguimos unidos e fortes e nossa expectativa é que passar por esta fase realizando o 36º CNSE de 29 de setembro a 1º de outubro”, encerra Amadio.

 

Um pouco da história

Movidos pelo anseio e visão de Nestor Ângelo Arioli (in memoriam), gerente da então Gráfica Bento Gonçalves, de Ulisses De Gasperi, diretor da Ferragens Planalto e de Hilário Caetano Pozza, gerente da Irmãos Pozza, um grupo de 30 lojistas atendeu à convocação para um encontro realizado neste mesmo dia, na Sociedade Maria Goretti. O movimento contou, ainda, com a participação dos empresários Jayme Pooli, Plínio Mejolaro, Ildoino Pauletto, Luiz Pasini, Delmar Demari e Gentil Theopilo Pompermayer. Também integraram o grupo Beder Koff, João Baptista Fianco, Livio D’Arrigo, Ibanor Milan, Júlio Gehlen e Orlando Tolotti, todos já falecidos. Por aclamação, Nestor Ângelo Arioli foi nomeado presidente, estando a frente da entidade por quatro gestões, de 1975 a 1983.

 

Com o objetivo alcançado, o mesmo grupo estimulou a criação do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves (SEC-BG), evitando o deslocamento até Caxias do Sul a cada rescisão trabalhista. A entidade surgiu com a missão de representar e fortalecer o desenvolvimento empresarial, fomentando o crescimento sustentado da sociedade. Em toda sua trajetória, empregou esforços para manter as informações pertinentes atualizadas à categoria com foco nas alterações legais de mercado e às inovações para o setor.

 

Seu propósito principal é negociar a Convenção Coletiva de Trabalho com o SEC-BG, contemplando toda sua base territorial formada pelos municípios de Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul. Vinculado à Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS) e à Confederação Nacional do Comércio de Bens e de Serviços (CNC), o Sindilojas Regional Bento atua fortemente no combate à informalidade com a campanha ‘O Reflexo da Pirataria é o Crime’, comandada por Amadio, que como vice-presidente da Fecomércio-RS coordena a Comissão de Combate à Informalidade no Estado. Ele percorre o estado realizando encontros e palestras, conscientizando empresas, empresários e consumidores, além do Poder Público Municipal, sobre o perigo dos produtos pirateados ajudar a alimentar a violência no Brasil, fomentando o tráfico de drogas, armas e até de pessoas.

 

A gama de benefícios hoje oferecidos aos associados ultrapassa 100 serviços e produtos, com destaque para o SCPC - Serviço Central de Proteção ao Crédito, Banco VIP (Sicredi e Banrisul), telefonia celular, salas para locação e convênios com até 50% de desconto. A formação de líderes também está no escopo da entidade que, através do Sindilojas Jovem, atua com a finalidade de preparar filhos de empresários para os negócios e para o associativismo. O grupo promove anualmente, entre outras ações, o Troféu Empreendedor Jovem, envolvendo as 11 cidades de atuação da entidade.

 

Há 19 anos como Diretor Executivo da entidade, Valério Pompermayer, destaca, entre tantas ações, a atuação junto ao Projeto Viva Bento, que trouxe a revitalização da Via Del Vino, tão importante para o comércio do Centro da cidade. Outra conquista histórica lembrada pelo Executivo, é a aquisição da nova sede numa iniciativa ousada que reposicionou o Sindilojas no meio associativista.

 

GALERIA DOS EX-PRESIDENTES

Nestor Ângelo Arioli (in memoriam) - Gestões 1975/1976, 1976/1977, 1977/1979 e 1979/1983

Gentil Theofilo Pompermayer – Gestões 1983/1986 e 1986/1989

Gilberto Zandoná – Gestões 1989/1992 e 1992/1995

Ildoino Pauletto – Gestões 1995/1998 e 2000/2004

Décio Ferrari – Gestão 1998/2000

Plínio Mejolaro – Gestão 2004/2007

Jovino Antônio Demari – Gestões 2007/2010 e 2010/2014

Daniel Amadio (Atual Presidente) – Gestão 2014/2018 e 2018/2022

image

Legenda: Daniel Amadio / Foto: Divulgação Sindilojas