Página
image

ORIGINAL X PIRATA: Sindilojas adere à pesquisa sobre hábitos de consumo 

Entidade reforça ação promovida pela Comissão de Combate à Informalidade da Fecomércio-RS para conhecer melhor o comportamento do consumidor local

 

O comércio ilegal movimenta mais de R$ 80 bilhões no Rio Grande do Sul, ou seja, 6% da economia subterrânea brasileira. Preocupada com o avanço da pirataria ano após ano no estado, a Comissão de Combate à Pirataria da Fecomércio-RS colocou em prática a pesquisa “Hábitos de Consumo: Original e Pirata”. O objetivo é compreender melhor quais os hábitos de consumo que levam os gaúchos a optar por produtos ilegais. O Sindilojas Regional Bento está intensificando a divulgação da investigação em sua base territorial com o propósito de levantar subsídios para melhor atuar na conscientização deste problema que afeta o varejo formal.

 

Qualquer pessoa pode participar. A pesquisa não passa de 2 minutos, é objetiva e fácil de responder. Basta acessar o link http://abre.site/0/habitosdeconsumo e assinalar as opções. Não há identificação. O presidente do Sindilojas, Daniel Amadio, também coordenador da Comissão, destaca a importância da adesão como forma de diagnosticar o comportamento do consumidor. “Nosso trabalho é incessante, tanto na conscientização do poder público, quanto de empresas e consumidores. Grande parte da população não conhece os bastidores desse mundo informal e nem se dá conta dos riscos e crimes cometidos. Precisamos ser firmes e atuar continuamente para mudar a realidade. Esta pesquisa nos trará informações essenciais para que possamos conhecer melhor o consumidor”.

 

O Sindilojas está encaminhando a todos os associados o link e material de divulgação da pesquisa, além de um banco de dados de parceiros e consumidores.